Presidente da Petrobras renuncia após ser pressionado

Informação foi confirmada pela estatal por meio de um comunicado ao mercado


O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, anunciou a renúncia ao cargo na manhã desta segunda-feira, dia 20 de junho.

Ele foi o terceiro executivo a comandar a Petrobras na gestão do presidente Jair Bolsonaro e ficou apenas dois meses neste cargo na Petrobras. Além disso, Coelho também deixa de ser membro do Conselho de Administração da estatal. 

A saída de Coelho ocorre após críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo presidente da Câmara, Arthur Lira. Ele foi pressionado a deixar o cargo depois da última alta da gasolina e do diesel na última sexta-feira.

Fernando Borges, diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, foi nomeado pelo Conselho de Administração como novo presidente interino até a eleição e posse do novo comandante da empresa.

 

 

anuncio