Capacidade de admirar

O amor oferecido por Jesus é um amor que sai de si e vai ao encontro do outro


Algo que aprendi nesse meu tempo, como cristão, é observar as palavras e os gestos deixados por Cristo que, de alguma forma, provocam um desejo de transformação em minha vida. É fascinante o modo como Jesus aborda acontecimentos do cotidiano com palavras tão simples e que revelam a profundidade do Reino de Deus.

Muitos que tiveram suas vidas transformadas pelos ensinamentos do Senhor, compreenderam essa grande "novidade" que até mesmo o discurso religioso, muitas vezes, não oferecia.

Jesus fala de compaixão, de misericórdia, de perdão, fala de unidade e de reconciliação. Infelizmente conhecemos o discurso teórico de Jesus e não conseguimos trazer esses ensinamentos para o cotidiano de nossas vidas, rompendo em nós, atitudes mesquinhas e de tamanha dureza dos corações.

O amor oferecido por Jesus é um amor que sai de si e vai ao encontro do outro, amor que não encontra compreensão no mundo que vivemos, pelo medo que o ser humano tem de perder sua personalidade.

Jesus olhou, com admiração, vidas destruídas e excluídas, pessoas que foram deixadas à margem da sociedade e que foram apontadas como pecadoras. Essa capacidade de admirar o outro com olhar de compaixão, fez delas criaturas novas, restauradas e acolhidas com amor.

Ser um cristão é ousar praticar exatamente esse testemunho deixado por Jesus. Que o mundo volte a enxergar os verdadeiros discípulos do Senhor e que sejamos capazes de irradiar o "sal" novo da mensagem do Evangelho em todos os corações.  

anuncio