E Deus viu que era muito bom!

...depositando em cada criatura, um pouco da sua essência.


O Livro Sagrado do Gênesis traz, no primeiro capítulo, a narrativa da criação onde Deus, cuidadosamente, viu que tudo era muito bom. O sentimento do Criador é a comoção, depositando em cada criatura, um pouco da sua essência.

Como seres humanos, Deus nos deu diversos dons, quando nos fez capazes de sorrir, de admirar, de dialogar, estabelecendo relacionamentos. É muito triste ver a transformação do homem, com suas estranhezas, com a sua não compreensão da linguagem das emoções, sua forma agressiva de enxergar o outro.

O que foi criado para ser um paraíso tornou-se um ambiente de diferenças e de ameaças, da violência e da agressividade. Criados com o "sopro" da vida, destruímos com prazer o que encontramos pela frente, nosso ambiente comum, nossos relacionamentos e, acima de tudo, a vida humana. Não aprendemos a aceitar o outro como alguém diferente e que diferença não é ameaça. É mais fácil agredir que dialogar e respeitar. O que era bom tornou-se intolerante e a intolerância vem gerando diversos conflitos.

Que possamos reaprender a arte de nos relacionarmos com o diferente, sentindo mais a vida como um dom, aceitando as diferenças e a nos percebermos também como seres diferentes. É nessa diversidade que podemos alcançar a grande unidade de tantos dons dados por Deus a cada ser humano.

anuncio