O lugar de Deus em nós

Bem-aventurados os que ouvem a Palavra de Deus e buscam praticá-la no dia a dia.


Sendo obras de Deus, como bem nos confirma o livro do Gênesis, podemos nos perguntar sobre o lugar que Deus ocupa em nós. O "sopro divino" que nos dá a vida, é a habitação por excelência de Deus, mas pouco pensamos ou refletimos sobre esse Hóspede especial que nos ama e nos protege o tempo todo.  

Muitas vezes, deixamos que outros amores ocupem o centro de nossas atenções ou preocupações e, deselegantemente, desprezamos Aquele que nunca poderia ser excluído do lugar que Lhe pertence. Talvez seja o grande motivo da solidão que muitos partilham viver, solidão que se reveste de tristeza e angústia.  

É muito triste ver o quanto as pessoas têm se distanciado de Deus, sustentando suas posturas de desencanto ou frustração, até mesmo sem um profundo conhecimento ou alguma experiência mais fecunda de fé. Dispensamos que o não conhecemos ou preferimos ir "na onda" de tantas ignorâncias que se partilham por aí.   

Quem sabe essa postura de maior "liberdade", de afrontamento para com certas instituições, de retirar Deus da nossa convivência, seja a marca da colheita que estamos tendo nesses últimos tempos. É muito nítida a tristeza que paira na vida humana, um sentimento de não se saber para onde se vai, de uma angústia que tem levado muitos a um indiferentismo para com o próximo, de muita intolerância que está presente na convivência humana. Vamos colhendo o que plantamos nesses últimos tempos! 

Bem-aventurados os que ouvem a Palavra de Deus e buscam praticá-la no dia a dia, no esforço cotidiano da vida, emprestando o próprio coração para que Deus venha fazer a sua morada em nós. Abastecidos de Deus, teremos muito para oferecer, pois plenificados desse Amor restaurador, partilharemos o bem que é capaz de construir mais proximidade e tornar a vida mais leve.   

anuncio