Tenaris Confab tem novo contrato para obra no oriente médio

Acordo prevê 2 anos de ações no Catar


A fábrica Tenaris Confab de Pindamonhangaba divulgou aos funcionários, na última quinta-feira (2), que conseguiu uma nova obra. O trabalho contará com duração de quase 2 anos para produção de tubos para um gasoduto no Catar, no oriente médio.

Segundo comunicado da empresa, serão 197 mil toneladas de tubos soldados, entre 28 e 38 polegadas de diâmetro, de grande espessura, para serem instalados em local de condições severas na região do golfo pérsico do Catar. O gasoduto terá uma extensão de 328 quilômetros. A produção de tubos na unidade de Pindamonhangaba terá início em janeiro de 2022 e deverá se estender até agosto de 2023.

O contrato firmado integra o projeto North Field East (NFE), que faz parte do consórcio QatarGas, que prevê ainda outras etapas de produção. Existe a possibilidade de fornecimento de mais 112 quilômetros de tubos, ou 62 mil toneladas, a partir do segundo semestre de 2023.

A direção do Sindicato dos Metalúrgicos comemora a notícia. Em 2020, a empresa chegou a ter 500 funcionários em medidas para evitar demissões, como a suspensão de contrato. Em 2021, esse número ficou bem menor e o programa terminou no dia 25 de agosto.

Segundo o presidente da entidade, André Oliveira, atualmente, não há mais nenhum funcionário em suspensão de contrato, nem redução de jornada. "Foram medidas necessárias. O sindicato teve uma atuação forte na busca de um bom acordo no período mais crítico da produção. Agora a gente já vê uma grande movimentação na usina. A empresa não informou ainda se haverá volume de contratações, mas já é uma grande notícia que deixa a gente muito feliz", finalizou.

anuncio