Construção civil gera mais de um milhão de vagas de empregos nos últimos 12 meses

Importante setor da economia brasileira, ramo tem se tornado cargo com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro


O ramo de construção civil fechou o primeiro semestre de 2021 com um saldo positivo de 178 mil novos empregos com carteira assinada, um acréscimo de 7,86% no número de trabalhadores. Apesar de a taxa de desemprego no país estar em níveis recordes, por conta da pandemia da Covid-19, a construção civil vem remando contra a maré.

Exercendo um papel importante na economia e geração de empregos, a construção civil teve um aumento de 19,6% na população ocupada do Brasil no último ano. Essa variação foi a maior entre as outras categorias de atividade econômica que são monitoradas pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que também analisa os setores de agropecuária, indústria, comércio e serviços.

Esse crescimento no setor deve-se ao aumento do número de informais, que buscam oportunidades na construção civil. No segundo trimestre do ano passado, quando a pandemia ainda gerava grandes restrições de circulação, o número de pessoas trabalhando no setor aumentou de 5,3 milhões para 6,4 milhões no terceiro trimestre, ou seja, quer dizer que um milhão de pessoas começaram a trabalhar na construção no período de um ano. 

Englobando desde a instalação de um soquete até as paredes de uma casa, o construtor civil atua em diversas áreas de uma obra. Ele administra o cronograma da obra e os recursos e padrões produtivos. O salário médio é de R$ 3.150 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais, de acordo com os dados oficiais do CAGED e levando em conta o regime de trabalho CLT.

Além da importância na supervisão de uma obra de qualidade e até mesmo segura, o papel do construtor civil na sociedade é muito importante, porém, muitas vezes, este é um trabalho invisível e que não ganha o devido reconhecimento das pessoas. A responsabilidade dele é grande, pois o mesmo será responsável pelo desenvolvimento de toda a construção, ficando sob sua supervisão as adequadas medidas técnicas e administrativas para a sua perfeita e integral execução. 

Muito além de habilidades operacionais, este profissional carrega consigo responsabilidades de construir os projetos conforme acordado em contratos, com a função de orientar e gerenciar as atividades da obra. É ele quem garante que tudo saia como o planejado e que as construções estejam prontas dentro dos prazos e com a qualidade e segurança que é imprescindível neste setor.

anuncio