Banda paulistana traz multi-instrumentos e dança oriental para a próxima edição do Bar de Quinta

Transmissão será online no YouTube da Fundação Cultural Cassiano Ricardo


A Orkestra Bandida é a convidada do projeto Bar de Quinta para o próximo dia 27, às 20h. A banda é ligada ao Coletivo Tarab, formado por músicos multi-instrumentistas, estudiosos e pesquisadores da música cigana oriental presente nas culturas do Mediterrâneo, Turquia, Trácia e Balkãns, e da música regional folclórica brasileira.

Durante o show, o público vai conhecer um pouco mais sobre os instrumentos diferenciados que compõem as músicas, como o clarinete turco; a rabeca, uma espécie de violino presente na música regional e folfórica; souzafone, instrumento de sopro; riqq, "primo" do pandeiro brasileiro; oud, saz e çumbus, que são instrumentos de cordas.

A dançarina Bruna Milani também participa do show com apresentação de dança oriental que promete atrair o público de todas as idades. A transmissão será pelo canal o YouTube da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

O curador do Bar de Quinta, Dom Pescoço, afirma que esse show é uma grande oportunidade para quem quer sair do tradicional e passear pelo Oriente. "A banda tem muitas particularidades na questão harmônica, melódica e musical que vão enriquecer culturalmente o público. Além disso, a Orkestra Bandida vai fazer um paralelo muito interessante com a música brasileira, principalmente com a música nordestina mais ancestral".

O grupo lançou seu primeiro disco em 2016, fruto de um projeto de financiamento coletivo, que foi gravado em estúdio ao vivo, em São Paulo, e traz toda a riqueza de timbres e melodias trabalhadas pelo grupo em dez músicas.