Em Caçapava, Bispo apresenta carta do Papa Francisco sobre meio ambiente

A palestra e apresentação da carta é aberta ao público


Nesta terça-feira (28), o bispo de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini, realiza a apresentação oficial sobre a Encíclica "Laudato Si, sobre o cuidado da casa comum", do Papa Francisco. A palestra e apresentação da carta é aberta ao público e será às 15h, no Parque Ecológico da Moçota.

A carta encíclica é uma comunicação escrita papal destinada a tratar um assunto para o qual se deseja dar atenção. "Laudato si" (Louvado Seja) é a última carta do Papa Francisco e foi divulgada, oficialmente, no dia 18 de junho, mostrando a preocupação do Sumo Pontífice com o meio ambiente, que é um dom de Deus, é a casa do ser humano, e deve ser cuidada com zelo. O nome foi inspirado no "Cântico das Criaturas", de São Francisco de Assis, santo conhecido mundialmente pelo amor aos animais e à natureza.

"Laudato si" faz um diagnóstico minucioso dos males do planeta: poluição, mudanças climáticas, desaparecimento da biodiversidade, débito ecológico entre o Norte e o Sul do mundo, antropocentrismo, predomínio da tecnocracia e da finança que leva a salvar os bancos em detrimento da população, propriedade privada não subordinada ao destino universal dos bens.

"Sobre tudo isto parece prevalecer uma cultura do descartável, usa e deixa fora, algo que leva a explorar as crianças, a abandonar os idosos, a reduzir os outros à escravidão, a praticar o comércio dos diamantes de sangue. É a mesma lógica de muitas máfias", escreve o Sumo Pontífice.

A carta também traz o pedido de investimento na formação para uma ecologia integral, e mostra que o cuidado começa individualmente, com pequenos gestos, como por exemplo, não desperdiçar água e alimentos, e agasalhar-se mais antes de ligar o aquecedor, entre outros.

anuncio