Jacareí é marcada com arte visual urbana em homenagem ao Dia do Índio

A Fundação Cultural de Jacarehy, também lança audiovisual marcando a importância histórica e identitária desta data


Hoje, 19 de abril, é comemorado o Dia do Índio, uma data para homenagear essa diversidade de povos que tiveram papel fundamental na formação étnica e cultural da população brasileira.

E para marcar a importância histórica e identitária desta data, em Jacareí, a Fundação Cultural de Jacarehy (FCJ), irá lançar em seu canal oficial do Youtube, o vídeo Panorama, às 19h.

O registro audiovisual das obras de artes visuais do Parque Linear Tupinambás, é um produto do artista plástico Tainã Moreno. O conceito de arte visual é o conjunto de manifestações artísticas como: pintura, escultura, desenho, arquitetura, artesanato, fotografia, cinema, design, arte urbana, entre outras criações.

Entre fevereiro e abril deste ano, dez artistas premiados pelo edital municipal, dentre eles o próprio proponente, realizaram a pintura de 16 murais que compõem o Parque Tupinambás. A expressão usada para essa grande galeria de artes visuais a céu aberto foi o muralismo e técnicas do grafite.

O parque foi inaugurado em agosto do ano passado, no bairro Jardim Santa Marina. Os nomes Tupinambás é uma homenagem aos indígenas que viveram no período de 1400 e 1525 no bairro Santa Maria, região onde foi descoberto o primeiro sítio arqueológico de Jacareí.

Além das temáticas retratadas como meio ambiente e natureza, lazer e recreação, o grande destaque vai para a questão indígena, fortalecendo a homenagem aos povos nativos.

O presidente da FCJ, Guilherme Mendicelli, pontua que a data é o marco da resistência da diversidade indígena. "A FCJ tem o compromisso com o reconhecimento das nossas diversidades culturais e das identidades brasileiras, ancestrais e originárias. Os artistas do projeto, beneficiados pela Lei Aldir Blanc fazem parte dessa grande diversidade e da ocupação dos nossos espaços".

O lançamento de produção audiovisual Aldir Blanc fortalece homenagem aos indígenas, com o vídeo Panorama, que também teve a participação de adolescentes do bairro que colaboraram com depoimentos e a participação da produção audiovisual. Além do proponente Tainã Moreno, outros nove muralistas participaram do projeto, sendo eles: Alan de Oliveira Barbosa, Douglas Marques dos Reis, Erika Cruz Costa, Gabriel Alves da Silva, Janaína Vieira Bispo dos Santos, Josimar Alexsandro de Oliveira Moreira, Mateus Viana Ferreira, Michelli Silva Costa, e Robson Monteiro Strobel Ramos.

anuncio