USP procura voluntários para pesquisa sobre julgamento moral

O estudo tem por objetivo avaliar as características que podem interferir no julgamento


Joyce mora com os avós e adora ir a festas. Apesar de sair todo fim de semana, ela não contrai COVID-19. Contudo sua avó começa a apresentar sintomas e logo morre com a doença. Quanta culpa Joyce merece por sair todo fim de semana mesmo com a pandemia? Responder a essa pergunta é fazer um julgamento moral, sendo, nesse caso, o ato de decidir se alguém é culpado ou não por causar um dano a uma outra pessoa.

O estudo Julgamento Moral: adaptação transcultural de instrumentos e associações com variáveis clínicas e sociodemográficas tem por objetivo avaliar as características que podem interferir no julgamento moral. Nosso propósito é entender melhor a relação entre o que as pessoas pensam ser certo ou errado, suas respostas a dilemas morais, e outras características pessoais como estresse, empatia, personalidade e sexo.

Qualquer pessoa, de todo o Brasil, com 18 anos ou mais pode participar. Os voluntários deverão preencher o questionário on-line clicando AQUI. Este é um projeto inserido no Programa de Pós-graduação em Saúde Mental da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

anuncio