Reformas domésticas exigem cuidados com energia elétrica

EDP reforça orientações sobre adequações no ambiente residencial para evitar acidentes


Muitas famílias escolhem o início do ano para realizar reformas domésticas, aproveitando as férias. Diante deste cenário, a EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, reforça orientações de segurança com eletricidade para prevenir acidentes elétricos durante as obras.

Um ponto essencial para não colocar a família em risco é buscar sempre profissionais especializados para realizar os serviços. Pedreiros, técnicos e pintores com experiência são familiarizados com as normas técnicas, regras de segurança e com o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) fundamentais para todos os trabalhos.

Uma das ocorrências mais perigosas e comuns durante as reformas é encostar ferragens ou ferramentas na rede de distribuição de energia da rua, principalmente quando se está sobre andaimes ou trabalhando nos andares superiores dos imóveis. A aproximação com a fiação, não sendo preciso necessariamente tocar na rede elétrica diretamente ou por meio de objetos, pode causar acidentes graves, como queimaduras e até a morte. Por isso, a Distribuidora alerta que é fundamental prestar atenção à distância entre o local onde se está trabalhando e a rede elétrica e, em caso de dúvidas, fazer contato com a EDP.

Na parte interna da residência, o cuidado maior deve estar na instalação elétrica. Muitos dos incêndios ocasionados por eletricidade nas residências são resultado de instalações elétricas antigas e inadequadas, excesso de equipamentos plugados em uma mesma tomada e gambiarras com emendas malfeitas, além de falta de manutenção. "Na hora de fazer obras e reformas, utilize materiais de qualidade e contrate sempre um eletricista de confiança. Transformar o ambiente doméstico em um local mais agradável para a família requer atenção para que todos fiquem melhor acomodados e, principalmente, em segurança.", afirma Vilmar Abreu, gestor de excelência ao cliente da EDP.

Dicas para uma reforma segura:

  • Planejar a obra com antecedência e analisar possíveis riscos, como altura da fachada para a pintura e proximidade da rede elétrica da rua;
  • As instalações elétricas internas da residência devem sempre estar em bom estado, com as cargas energéticas instaladas de forma equilibrada, evitando possíveis fugas de corrente, acréscimo de consumo e acidentes;
  • Comprar materiais elétricos com selo do Inmetro garante a qualidade e segurança dos produtos;
  • O superaquecimento de equipamentos e fiação pode ocasionar fuga de corrente, curto circuito e até incêndios. É importante a análise de um técnico eletricista;
  • Fios descascados, amassados ou com corrosão na capa isolante precisam ser substituídos imediatamente;
  • Tomadas, disjuntores e aparelhos elétricos devem ficar distantes de pias, torneiras e outros locais com água. Caso não seja possível, evitar o contato direto com os líquidos;
  • Se houver necessidade de melhorar a iluminação do ambiente, desligue disjuntores e a chave geral para a troca de lâmpadas;
  • Caso haja necessidade de instalação de novas tomadas, disjuntores ou instalações elétricas, chame um profissional de confiança;
  • A queima de fusível ou desarme dos disjuntores com frequência é indicativo de sobrecarga na instalação elétrica interna, sendo importante a análise de um técnico.
anuncio