Programa de castração gratuita chega para região central de Moreira César e Pasin

As inscrições para a castração de cães e gatos terá início nesta sexta-feira (30)


Programa de castração gratuita chega para região central de Moreira César e PasinPrograma de castração gratuita chega para região central de Moreira César e Pasin (Foto : Divulgação)

Prefeitura de Pindamonhangaba continua em ritmo acelerado para realizar o programa de castrações pelo Centro de Proteção e Atendimento Animal (CEPATAS) em todo município. Agora chega a diversos bairros do Distrito de Moreira César: Vale das Acácias, Laerte Assunção, Azeredo, Karina, Ramos, Padre Rodolfo, Pasin e Mantiqueira.

As inscrições para a castração de cães e gatos terá início nesta sexta-feira (30) na Subprefeitura de Moreira César e beneficiará 100 animais da região central de Moreira César e outros 100 animais da região do Pasin e Mantiqueira. O programa beneficia preferencialmente as fêmeas e tem um limite de dois animais por residência.

Para os moradores dos bairros da região central de Moreira César a inscrição acontecerá a partir das 8h30 e para os moradores da região do Pasin e Mantiqueira a inscrição será a partir das 13h30.

Para se inscrever o interessado deve apresentar: CPF, comprovante de endereço e cartão do Cadastro Único, pois será dada prioridade para famílias de baixa renda. Serão atendidos dois animais por residência. No momento da inscrição, o tutor do animal receberá o dia, horário e cuidados pré-cirúrgicos.

Esta será a décima etapa do programa, que já beneficiou diversos bairros da região do Ribeirão Grande, Bonsucesso, Goiabal, Bem Viver, Castolira, Vila São Benedito e Terra dos Ipês, Jardim Resende, Mombaça e Morumbi.

"O programa teve início em dezembro de 2020 e cada etapa contempla a castração de 100 animais. Até o momento já realizamos cerca de 700. Pedimos que o tutor que fizer a inscrição não deixe de levar seu animal pois a castração evita crias indesejáveis e diminui o abandono", afirmou a veterinária e responsável pelo CEPATAS, Fernanda Mussi.

Todos os animais castrados pelo programa da Prefeitura receberão um micro-circuito eletrônico, de tamanho aproximado a um grão de arroz, sendo assim possível implantá-lo sob a pele. O microchip para animais contém um código exclusivo e inalterável que transmite informações específicas.

Através desta tecnologia de ponta, a equipe do CEPATAS pode encontrar qualquer animal microchipado e cadastrado na plataforma mytrackpet.com. Na plataforma, o dono do animal pode controlar a vacinação e medicamentos, tendo assim maior segurança com a vida do "pet".

O sistema também a possibilidade de adoção, podendo assim as ONGs cadastrarem fotos e informações para ajudar a encontrar um novo lar.

"O que estamos fazendo não é uma ação pontual, mas uma política de gestão, utilizando o que há de melhor em tecnologia na causa animal", disse o secretário adjunto de Administração, Danilo Velloso. "Todos os animais castrados saem com microchip, à medida que a comunidade veterinária aderir ao uso, construiremos um ecossistema que contribuirá com a comunidade", completou.

"Os animais perdidos podem ter seus tutores encontrados e a Defesa Animal pode ser beneficiada com a tecnologia do Microchip", informou a veterinária à frente dos trabalhos do CEPATAS, dra. Fernanda Mussi.

anuncio