Veja as dicas para acertar na compra de máquinas para o agronegócio

Tecnologia e agilidade.


O processo de plantio mecanizado do milho exige mais atenção sobre diversos fatores que ainda podem interferir nos lucros e na produtividade, dentre todos eles está o uso das plantadeiras de milho. Hoje em dia, ainda existem diferentes sistemas de distribuição tanto de sementes quanto de modelos e marcas, que estão disponíveis no mercado. 

A plantadeira tem como atividade principal realizar o processo de plantio das culturas e inserir no solo as partes classificadas como vegetativas das plantas, como, por exemplo, tubérculos, bulbos e colmos. Dessa forma, no caso do milho, o termo mais correto de ser usado seria "semeadora". 

Qual o termo correto: semeadeira, semeadora ou plantadeira? 

A plantadeira, que também é conhecida como semeadeira,  ambos são termos diferentes que são usados para o processo de semeadura. Com o passar do tempo houve a necessidade de padronizar os termos que são usados para designar as máquinas agrícolas. Elas foram classificadas em três diferentes tipos de acordo com a sua função, veja mais informações a seguir. 

Semeadora 

As semeadoras têm como principal função realizar a introdução de pequenas sementes no solo. Os outros dois termos, no caso, 'semeadeira' e 'plantadeira' se referem à mesma máquina e ambas distribuem as sementes. 

Plantadora 

Essa máquina tem como objetivo principal fazer a operação do processo de plantio das culturas ou sementes graúdas, ou seja, maiores. 

Transplantadora

A transplantadora faz o processo de transplantio , que se trata da introdução no solo de mudas, que não são nada mais do que plantas no estágio inicial. Esse tipo de máquina também pode ser classificado de acordo com a sua forma de distribuição, que são as seguintes: 

  • Fluxo contínuo: aqui as sementes miúdas são dosadas de forma contínua nos sulcos;
  • Precisão: esse método é mais usado quando se trata do plantio de milho, aqui as sementes são dosadas uma a uma nos espaços regulares. 

Quais as funções de uma plantadeira de milho? 

As funções básicas de uma plantadeira são: fazer o armazenamento das sementes, adensar a parte do solo que é localizada em volta das sementes, fazer a distribuição, o cobrimento de forma correta em relação às sementes e a promoção controlada da liberação das sementes. 

Para que seja possível a plantadeira realizar todas essas funções em uma capacidade boa, é necessário a presença de sulcadores, assim como os controladores de profundidade, tubos condutores de sementes, cobridores de sulcos e marcadores de linhas e de rodados. Fora isso, é importante ter mecanismos específicos, como, por exemplo, os dosadores de adubos e de sementes (se for o caso), o disco de corte de palha (isso é preciso apenas nos casos de plantadeiras de plantio direto, transmissão e compactação. 

Velocidade de plantio

Uma característica não muito considerada, mas que precisa ser pensada antes de finalizar a compra é a sua velocidade de plantio, ela sempre precisa estar dentro dos limites que são recomendados. A velocidade costuma variar de acordo com os sistemas de distribuição do equipamento.

anuncio