Total de inadimplentes bate recorde no país

Setor de financeiras foi o que teve maior aumento de inadimplência


A crise econômica tem aumentado o número de devedores no país. Desde o começo do ano, mais de 2 milhões de pessoas se tornaram inadimplentes, aumentando o número de brasileiros que estão com dívidas, de acordo com o Indicador de Inadimplência, divulgado nesta segunda-feira, dia 20 de junho, pela Serasa Experian.

Com esses novos devedores, apenas em abril o total de inadimplentes chegou a 66 milhões de brasileiros. Essa é a maior quantidade registrada na série histórica do índice, iniciada em 2016. Nos últimos dois meses, os números de inadimplentes já estavam altos: de 65,7 milhões, em março, e 65,2 milhões, em fevereiro.

O setor de financeiras foi o que teve maior aumento de devedores, passando de 9,6% em abril de 2021 para 12,4% no mesmo período deste ano. Ainda assim, os bancos e cartões seguem como os maiores vilões: 28,1% dos débitos.

Na sequência aparecem as contas de consumo, como água, luz e gás, representando 22,9% das dívidas, seguido por Varejo (12,5%), Serviços (10,4%), Telefonia (7,3%) e Securitizadoras (2,1%).

anuncio