Trabalhadores da Avibras de Jacareí aprovam realização de greve de 24 horas

Paralisação pode ocorrer se não houver acerto de salários atrasados


Os trabalhadores da Avibras de Jacareí aprovaram nesta segunda-feira, dia 27 de junho, uma greve de 24 horas se não houver o acerto dos salários atrasados desde março. 

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, caso os pagamentos pendentes não forem quitados até o dia 5 de julho, uma greve por tempo indeterminado poderá ser iniciada.

Na última sexta-feira (24), a direção da empresa divulgou um comunicado em que informava prever o acerto do salário de maio até quinta-feira (30). No entanto, a empresa propõe quitar somente no dia 22 de julho o pagamento de junho e a segunda parcela do salário de março dos trabalhadores reintegrados após a assinatura do acordo de cancelamento das demissões.

Cancelamento de demissões

Os trabalhadores da Avibras de Jacareí travaram, nos meses de março e abril, uma grande luta em defesa dos empregos.

A empresa pretendia demitir 420 funcionários, mas o quadro foi revertido depois de uma série de mobilizações organizadas pelo sindicato da categoria. No dia 19 de abril, foi aprovado o acordo que transformou as demissões em layoff, com garantia de estabilidade até o final do ano.

anuncio