Projeto da Fundhas estimula a Educação Musical em São José dos Campos

Cada aluno ganhou uma flauta doce para acompanhamento das aulas e desenvolvimento de habilidades


Na manhã desta sexta-feira (3), a Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) deu início ao projeto "Sopro de Música", fruto da parceria com o Caeb (Centro Ambiental Edoardo Bonetti) e a FCCR (Fundação Cultural Cassiano Ricardo), que tem como objetivo estimular a educação musical como ferramenta de transformação social e cultural

 

A iniciativa agradou os cerca de 30 alunos presentes na primeira aula. Maria Fernanda Pio Visconte, inserida no Centro de Desenvolvimento Artístico, toca bumbo na banda da Fundhas desde o início do ano. Apesar de pouco tempo, Maria conta que a música já despertou o interesse para conhecer outros estilos. "Gosto de música medieval, sinto prazer em tocar, me faz bem", acrescenta. 

Já Antony Vasconcelos da Silva é apaixonado por violão, piano e agora flauta. "Eu gosto de ouvir música, estava em busca desta oportunidade e vou aproveitar muito", afirma. As aulas serão realizadas semanalmente, todas as sexta-feiras, por um professor da FCCR, na sede do Caeb, localizada no Jardim Torrão de Ouro (região leste).  O ambiente em contato com a natureza deu um toque especial ao projeto. Antony disse que lembrou da fazenda da tia dele, em Minas. "Muito gostoso, eu adorei", finaliza. 

Educação

Ao longo de 34 anos, a Fundhas possui mais de 30 programas e projetos que promovem a articulação entre educação e arte. Todas as ações têm como foco o desenvolvimento do ser humano e contribuem para a formação de uma personalidade mais íntegra e harmoniosa, estimulando uma postura mais ativa e crítica das crianças e adolescentes. 

anuncio