Campos do Jordão realiza "Parada de Natal na Montanha" no próximo mês

Os desfiles acontecem nos dias 4, 11 e 23 de dezembro


Promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Campos do Jordão (ACE), a Parada de Natal com carros alegóricos acontecem dias 4, 11 e 23 de dezembro no município.

"A cidade está mais iluminada do que nunca e, como sempre, estamos prontos para acolher nossos visitantes com muito carinho", ressalta o diretor executivo da ACE, Renato Bicudo.

O evento tem a parceria do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) com o patrocínio de comerciantes e empresários do município. "A Parada de Natal é um atrativo a mais numa intensa programação para a família inteira. Depois de momentos tão difíceis, a palavra agora é esperança", afirma o diretor.

Com muito brilho e tema musical natalino, os carros temáticos iniciam o trajeto no Portal de entrada do município, e percorrem toda a cidade, tendo como destino final o Capivari. A previsão de início é sempre por volta das 19h, com duração de aproximadamente duas horas.

Natal dos Sonhos

A programação natalina de Campos do Jordão foi aberta no dia 12 de novembro e segue até 6 de janeiro. A Fundação Lia Maria Aguiar, que há 13 anos ilumina a cidade, deixou a decoração deslumbrante e deu início ao "Natal dos Sonhos" que reúne diversas atrações culturais para aquecer o coração de todos.

E não para por aí: um parque com cerca de 400 Árvores de Natal patrocinadas pelo empresariado jordanense, a iluminação dos plátanos pela ASSTUR/União dos Empresários em toda a extensão da avenida principal, e o Concurso de Presépios promovido pela Associação dos Guias de Turismo de Campos do Jordão (Aguiatur). Sem esquecer da tradicional Casa do Papai Noel.

Boas perspectivas

A expectativa da ACE é que Campos do Jordão receba um público rotativo de cerca de 400 mil visitantes, desde a segunda quinzena de novembro até a primeira semana de janeiro.

"Estamos bastante otimistas e, desde a abertura da programação natalina em novembro, já percebemos um aquecimento na economia em todos os setores, assim como a abertura de postos de trabalho temporário", ressalta Renato Bicudo.

 

anuncio